Posição inicial

Posição inicial

Language / Язык: ENG RUS PT ES

    De acordo com muitos treinadores, "a posição inicial afeta o caminho que a barra vai percorrer, a quantidade de esforço desenvolvido pelo atleta, o grau de inclusão dos músculos no trabalho, a amplitude do movimento da barra, a velocidade e a perfeição do desempenho técnico do arranco".

    O principal objetivo do início é adotar uma posição que assegure o uso mais eficaz de suas habilidades físicas pelo atleta no processo de levantamento da barra.

    No levantamento de peso a posição correta tomada pelos atletas quando a barra é separada da plataforma é de extrema importância. Neste momento, o sistema atleta-barra torna-se unificado em relação ao suporte.

    Hoje em dia, a posição inicial deve ser avaliada pelos cantos das articulações do tornozelo, joelho e quadril, de acordo com a posição das articulações dos ombros em relação ao centro da barra e a relação da posição da barra e das articulações metatarsofalângicas.

    Vamos avaliar dois parâmetros da técnica inicial - a posição das articulações de ombro e a relação entre a posição da barra e do pé.

    Em relação à posição das articulações dos ombros, na década de 1970 havia uma opinião geral de que o centro das articulações dos ombros quando a barra é separada da plataforma deve estar exatamente na linha vertical que passa pelo centro da barra.

    A prática moderna mostra que a maioria dos levantadores de peso ao posicionar as articulações dos ombros na frente da parte vertical, obtêm resultados altos no arranco e arremesso. A distância da posição das articulações do ombro na frente nos levantadores de peso é, em média, de 8 a 12 cm no arranco e de 4 a 10 cm no arremesso. As categorias de peso nesse caso não fazem diferença.

    Sabe-se que, dependendo do tipo físico do levantador de peso, as posições iniciais podem variar.

    Quanto aos pés, a maioria dos treinadores acredita que o centro das articulações metatarsofalângicas deve estar localizado na mesma linha vertical com o centro da barra. A pesquisa soviética sugere que, de acordo com o tipo de corpo do atleta, a projeção do centro da barra deve estar entre as articulações metatarsofalângicas e o meio do pé.

    Uma série de estudos indica que com a aproximação da barra até a canela, a força de pressão sobre o suporte aumenta e o centro das articulações metatarsofalângicas é o ponto extremo de um suporte rígido, além do qual posicionar a barra não faria sentido.

    Alguns atletas ainda colocam seus pés mais longe da barra, mas como isso afeta os resultados nos exercícios competitivos e qual é a razão para tal parada - não há respostas para essas perguntas.

    Podemos supor que alguns levantadores de peso conscientemente afastam os pés da barra por razões que ainda não foram suficientemente estudadas, mas a maioria deles faz isso inconscientemente.

    E para finalizar, gostaria de lembrar que a individualização da tecnologia certamente ocorre no esporte de realizações maiores. A história conhece muitos atletas de destaque que estabeleceram recordes mundiais  praticamente desafiando as leis da física. Mas são essas exceções que confirmam a regra de que a fase inicial (até 2 anos) e a base (até 4 anos) de treinos dos atletas devem basear-se em regras gerais de biomecânica para a formação da habilidade ideal de arranco e arremesso.

    1. "OLYMPIC WEIGHTLIFTING IN THE HUMAN WORLD"

    2. MY SHOULDERS’ STORY

    3. BELTS, KNEE SLEEVES, WRIST WRAPS, BANDAGES


Leave a comment

Get Free PDF with TOP 5 Weightlifting Mistakes and Ways to Fix Them

Please enter a valid e-mail

You are subscribed! Stay tuned